Side Menu
Side area
side area
Moving | Gravidez e a dor lombar: Como a fisioterapia pode reduzir a dor lombar e no quadril durante a gestação e após o parto?
2151
post-template-default,single,single-post,postid-2151,single-format-standard,ajax_updown_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,

Blog

   

Gravidez e a dor lombar: Como a fisioterapia pode reduzir a dor lombar e no quadril durante a gestação e após o parto?

    Especialistas estimam que entre 24% a 90% das mulheres apresentam dor lombar (lombalgia) ou na região do quadril quando estão grávidas. Muitas mulheres acham que esta dor vai embora quando o bebê nasce. No entanto, mais de um terço das mulheres ainda têm dor um ano após o parto. A fisioterapia durante e após a gravidez pode ajudar a diminuir a dor lombar e pélvica. As opções de tratamento mais comuns incluem a orientação de uma boa postura, a terapia de exercícios, terapia manual ou uma combinação destes tratamentos. Aprender novas maneiras de realizar atividades domésticas e de trabalho, bem como técnicas de relaxamento podem ajudar a aliviar a dor. Um estudo publicado na edição de julho 2014 de uma importante revista de fisioterapia, a JOSPT, analisou as melhores pesquisas dessa área para entender melhor os benefícios da fisioterapia no tratamento de mulheres com dores nas costas e quadril durante e após a gravidez.

    Os autores analisaram as pesquisas publicadas entre 1992 e 2013. Dos 1.284 artigos que encontraram, os autores escolheram os melhores 22 estudos que mediram o impacto de tratamentos de fisioterapia em mulheres grávidas. Foram excluídos artigos que trataram a dor nas costas durante a gravidez com medicação, cirurgia ou acupuntura. Eles descobriram que os exercícios podem diminuir a dor, melhorar a função, e limitar a licença médica para dor nas costas e no quadril relacionada com a gravidez.

    Exercícios eficazes, muitas vezes se concentram em fortalecer os músculos ao estabilizadores da coluna e  do assoalho pélvico. Exercícios também podem incluir hidroginástica, treinamento de força geral, exercícios de resistência e treino de equilíbrio. Finalmente, uma das pesquisas descobriu que a combinação de orientação postural, terapia manual, e alguns recursos terapêuticos podem ser úteis. No entanto, muito poucos estudos sobre esta abordagem têm sido publicados para ter certeza sobre seus benefícios.

    Seu fisioterapeuta pode ensinar-lhe os exercícios certos e explicar como alterar a maneira de executar algumas atividades para melhor reduzir a sua dor. Seu terapeuta também pode ajudar a decidir se outros tratamentos, como a terapia manual ou a utilização de aparelhos terapêuticos pode ser útil. Depois de uma avaliação completa, seu fisioterapeuta irá personalizar um programa de tratamento que vai funcionar melhor para você. Geralmente, você pode fazer os exercícios em casa. Para mais informações sobre o tratamento da lombalgia e dor no quadril durante e após a gravidez, entre em contato com seu fisioterapeuta.

           Referência: “Recommendations for Physical Therapists on the Treatment of Lumbopelvic Pain During Pregnancy: A Systematic Review,” J Orthop Sports Phys Ther 2014;44(7):464– 473. Epub 10 May 2014. doi:10.2519/jospt.2014.5098

No Comment

Post A Comment